segunda-feira, março 07, 2011

, , , ,

Love and other Drugs


 Tenho visto ultimamente quase todos os filmes "oscarizados",vencedores e vencidos,mas sinceramente não houve nenhum que me enchesse as medidas totalmente.
Gostei da rede social,do cisne negro,da origem mas ficou a faltar alguma coisa,talvez as expectativas que tinha estivessem muito elevadas.
Este domingo á tarde escolhi um filme "pipoca" (pensei eu) de puro e simples entretenimento,sem grandes pretensões.
"Love and other Drugs" é uma comédia dramatica ou um drama cómico,depende da perspectiva, que tinha todos os ingredientes para ser um filme romantico,genero boy meets girl ,como há milhares deles por ai.
Mas começa logo mal (Bem),já que nesta história é o homem (Jake Gyllenhaal) que quer uma relação seria e a mulher (Anne Hathaway) apenas procura sexo fortuito.

"Acabei de foder a minha namorada.
- Não uses essa palavra!
Qual palavra,foder?tu dizes foder a toda a hora.
Não é a palavra foder,é a palavra namorada."

Depois pelo meio temos também uma critica á industria farmaceutica,já que Jake é representante da Pfizer,criadora do viagra e a parte mais dramatica com a protagonista a sofrer de parkinson precoce.
Um dos casais com mais quimica que tenho visto no cinema nos últimos tempos tornaram o meu domingo mais agradável.
Os senhores da academia de Hollywood deviam abrir os olhos.




2 Comentários:

Marta disse...

A caminho... ;)

Marta disse...

Ohhhhhhh até deu para deitar uma lágrima...
Mas isto sou eu que sou sentimentalista.

Com tecnologia do Blogger.