domingo, maio 01, 2011

8 Comentários:

Marta disse...

:( Gostava de ter essa capacidade. De fechar a porta e deixar de lutar pelo que quero. Às vezes é uma luta em vão, porém, não consigo desistir.

Tenho a certeza que esse depois ainda te trará um depois do depois ;)

Beijos e até jáaaaaaaa!

Shiver disse...

A luta é diaria,sem parar nem para descansar mas o truque para o conseguir(e nem sempre consigo)é gostares mais 1% de ti do que de tudo o resto.
Além disso nem sequer tem um sabor bom quando se consegue,não se sente que se atingiu alguma coisa especial,antes pelo contrario.
É desistir,baixar os braços.A doença não é pior que a cura percebes? :)
Mas ao mesmo tempo sei que é a única solução possivel.
Não tenhas inveja porque não se trata de uma grande capacidade ou qualidade minha hahahaha.

Shiver disse...

Esta mensagem até é mais para mim,para não me esqueçer nem me desviar do caminho ;)

R. disse...

Mas em algumas situações, chega a altura em que é mesmo preciso dizer "Chega!"... É o primeiro passo para a evolução e mudança.

Shiver disse...

Foi isso que fiz,não disse alto mas disse para mim :)

Ritinha disse...

É mesmo isso que acontece. No início parece que temos força para lutar eternamente mas depois chega sempre o dia em que nos cansamos disso...

Shiver disse...

Não é só cansaço Rita,é também chegar á conclusão que não vale a pena o esforço e dedicação,ou "remam" as duas pessoas para o mesmo lado ou então é para esqueçer.
É tudo uma questão de teres amor próprio :)

Bianca disse...

Epá!!! este tenho de comentar!!!
Será, nada será, É! É este o teu torbulhãozinho????

pois...
será...
é!

Agora mais filosófico:
Para alguns amantes, nem todos os actos por si só são óbvios, necessitam assim de mais do que linhas que giram a seu redor, anseiam pelo som pelo grito que elas/eles (turbilhões) provocam na sua passagem. Que vulgarizamos de palavras. Sabendo que as palavras o vento as leva, não querem saber dessa máxima, querem palavras! Querem a palavra, a tal que desenha AMOR, não importando o seu real valor.
O... Amo-te.
AMO-TE...
e pronto, felizes para sempre.

É!

Com tecnologia do Blogger.