quarta-feira, outubro 19, 2011

, , , , ,

Foda-se



Já antes tinha falado sobre a expressão FUCK e explicado a sua origem histórica.
Desta vez publico um texto humorístico adaptado,de Millôr Fernandes,escritor,jornalista,cartoonista,humorista,desenhista e tradutor brasileiro de 88 anos.
Basicamente fala sobre os palavrões mais conhecidos e usados e sobre a razão da sua existência.
É grandito mas lê-se rápido :)


"O nível de stress de uma pessoa é inversamente proporcional à
quantidade de "foda-se!" que ela diz.
Existe algo mais libertário do que o conceito do   "foda-se!"?
O "foda-se!" aumenta a minha auto-estima,torna-me uma pessoa melhor.
Reorganiza as coisas. Liberta-me.

"Não quer sair comigo?! - então, foda-se!"
"Vai querer mesmo decidir essa merda sozinho(a) ?!  -  então, foda-se!"

O direito ao "foda-se!" deveria estar assegurado na Constituição.

Os palavrões não nasceram por acaso.São recursos
extremamente válidos e criativos para dotar o nosso vocabulário de expressões que traduzem com a maior fidelidade os nossos
mais  fortes  e  genuínos  sentimentos. É o povo a fazer a  sua língua. Como o Latim Vulgar,será esse Português   Vulgar que vingará plenamente um dia.

"Comó caralho",por exemplo.Que expressão traduz melhor a ideia de muita quantidade que "comó caralho"?

"Comó caralho" tende para o infinito,é quase uma  expressão matemática.

A Via Láctea tem estrelas comó caralho!
O Sol está quente comó caralho!
O universo é antigo comó caralho!
Eu gosto do meu clube comó caralho!
O gajo é parvo comó caralho!

Entendes?
No género do "comó caralho",mas,no caso,expressando  a mais absoluta negação, está o famoso "nem que te fodas!".
Nem o "Não,não e não!" e tão pouco o nada eficaz e já  sem nenhuma credibilidade "Não, nem pensar!" o substituem.
O "nem que te fodas!" é  irretorquível e liquida o assunto.
Liberta-te,com a consciência tranquila, para outras actividades de maior interesse na tua vida.
Aquele filho pintelho de 17 anos atormenta-te pedindo o  carro para ir surfar na praia?Não percas tempo nem  paciência.
Solta logo um definitivo:
"Huguinho,presta atenção, filho querido,nem que te  fodas!".
O impertinente aprende logo a lição e vai para o Centro
Comercial encontrar-se com os amigos,sem qualquer problema, e tu fechas os olhos e voltas a curtir o CD (...)

Há outros palavrões igualmente clássicos.
Pense na sonoridade de um "Puta que pariu!",ou o seu
correlativo "Pu-ta-que-o-pa-riu!", falado assim, cadenciadamente, sílaba por sílaba.
Diante de uma notícia irritante, qualquer "puta-que-o-pariu!", dito assim, põe-te outra vez nos eixos.
Os teus neurónios têm o devido tempo e clima para se
reorganizarem e encontrarem a atitude que te permitirá dar um merecido troco ou livrares-te de maiores dores de cabeça.

E o que dizer do nosso famoso"vai  levar  no  cu!"? E a  sua maravilhosa e reforçadora derivação "vai levar no olho do cu!"?
Já imaginaste o bem que alguém faz a si próprio e aos  seus quando, passado o limite do suportável, se dirige ao canalha de seu interlocutor e solta:
"Chega! Vai levar no olho do cu!"?


Pronto, tu retomaste as rédeas da tua vida, a tua auto-estima.
Desabotoas a camisa e sais à rua, vento batendo na face, olhar firme, cabeça erguida, um delicioso sorriso de vitória e renovado amor-íntimo nos lábios.

E seria tremendamente injusto não registar aqui a expressão de maior poder de definição do Português  Vulgar: "Fodeu-se!". E a sua derivação, mais avassaladora ainda: "Já se fodeu!".
Conheces definição mais exacta,pungente e arrasadora  para uma situação que atingiu o grau máximo imaginável   de ameaçadora complicação?
 Algo assim como quando estás sem documentos do  carro,sem carta de condução e ouves uma sirene da polícia atrás de ti a mandar-te parar. O que dizes? "Já me fodi!"
Ou quando te apercebes que és de um país em que quase nada funciona,o desemprego não baixa,os  impostos são  altos,a saúde,a educação e…a justiça são de baixa  qualidade,os empresários são de pouca qualidade e procuram o lucro fácil e em pouco tempo,as reformas  têm que baixar,o tempo para a desejada reforma tem que aumentar … tu pensas“Já me fodi!” 


Então: 
Liberdade,
Igualdade,
Fraternidade
e Foda-se!!!

Mas não desespere: Este país … ainda vai ser “um país do caralho!”




 

22 Comentários:

Rosie disse...

Bom dia Shiver! Isto de começar o dia com esta carrada de palavrões todos, é engraçado ahahah :)
Eu sou daquelas que deixa sair alguns palavões de vez em quando. E nunca me importei muito com isso porque penso isto mesmo. Se existem por algum motivo é. São libertadores e às vezes até sabe bem dizê-los. Algumas situações assim o pedem :)

'Mimi disse...

Ahahah muito bom :D estou farta de rir :)

abspinola disse...

Bom dia ... belo post shiver, excelente mesmo.
Não sou mulher de dizer palavroes, mas quando ando azeda ai sim a gatinha solta se e estrabucho, falo e falo, e palavroes venham dai...
E como dizes o nosso pais vai ser um "Pais do caralho"...
Foda se achas mesmo???? Puta que o pariu para este Filhos da mae...

Bjstos...

Nunca mais é Friday day

estrela disse...

olha que quando abri a página o titulo é logo intimidante....
:)
mas pronto lá está a justificação para tanta gente andar sempre com uma asneira na boca!

Pensando com a Arte disse...

A muito tempo que por cá não passo, a muito tempo que não consigo vir ao blog e publicar algo,... mas desta vez que cá vim, digo que a tua foto está bastante comica, nem reconhecia o teu blog pela foto :b
e este texto ahahah já o tinha lido (; mas eu sou das pessoas que NÃO utiliza esse tipo de vocabulário normalmente, e orgulho-me disso (;
Beijinhos,
Pensando com Arte.

Ritinha disse...

A-DO-REI!
O texto está simplesmente maravilhoso :D

Beijinho

sad eyes disse...

Está muito bom. Sinais de uma língua viva :)

Marta disse...

Shiver, brutal!!!!
Este post está brutal. Adorei e digo mais vou usar isto como um lema.

Agora, vou dizer "foda-se" "comó caralho" e quem não gostar, "puta que o pariu" e se se meter comigo mando-o "levar no cú".

Entendes?
;)

Marta disse...

E ainda dentro do mesmo assunto: http://youtu.be/qBW_0_No50s

Shiver disse...

o que vale é que tenho muitos seguidores do norte,tao mais habituados aos palavroes ahahahaa

kiss rosie*

Shiver disse...

a dona mimi tb tem cara de quem solta uns quantos de vez em quando :PPPP

Shiver disse...

abspinola nao sou eu que digo,é o autor do texto :)

mas PKP mesmo os tais filhos da mae ;)

Shiver disse...

estrela e quem nao diz pensa :D

Shiver disse...

pensando com arte sabe tao bem dizer de vez em quando ahahaha

beijos***

Shiver disse...

ritinha tb achei um espectaculo ;)****

Shiver disse...

sad eyes viva e muito mal comportada ;)

Shiver disse...

hahahahaha marta ia ser giro ia se fizesses isso looolll

percebo-te como ó caralho :P

Shiver disse...

ja conhecia esse video,ta muito bom :D

Luis martins disse...

muito bom shiver, post do caralho:P conheci uma vez um pub brasileiro que sempre que estava fodido com alguém dizia VAPAPU, o que era a sigla para va pá puta que pariu, mas esse era contido, o Milor é que as sabia. era um mestre do sarcasmo. e era um poeta do caralho tb. tinha uma frase q devia ser o lema de muito boa gente: "Viver é desenhar sem borracha".grande abraço. continua:)

Shiver disse...

Bem vindo sr.Luis :D

e ja agora volta sempre ;)


Abraço

Things disse...

lol...excelente post...quem não vive por um "Fodasse" não é ninguém...ou é...depende da pessoa. Já eu gosto da palavra e de expressar um "Fodasse" quando algo me corre mal, nem que seja em pensamentos, tenho que dizer.
beijinho

Kate disse...

AHAHAHAHA muito bom sim senhor ahah. Quem nunca soltou o seu palavrão que atire a primeira pedra...concordo com o que é dito neste post aha :p***

Com tecnologia do Blogger.