terça-feira, abril 15, 2014

, , , , , , , , ,

Procrastinar


"Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de productividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com a suas responsabilidades e compromissos. Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento normal das acções. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos.
A palavra em si vem do latim procrastinatus: pro- (à frente) e crastinus (de amanhã)."

In: A bela da Wikipedia


Este belo "palavrão" tem muito a ver comigo. Para o bem e para o mal.
A parte da culpa e vergonha é que nem por isso.
Insiro-me mais na categoria do:

"O Tipo Relaxado.
Os procrastinadores do tipo relaxado veem suas responsabilidades negativamente e fogem delas direcionando sua energia para outras tarefas. É comum, por exemplo, para uma criança procrastinadora do tipo relaxado, abandonar a sua lição de casa, mas não sua vida social. Esse tipo de procrastinação é uma forma de negação. O procrastinador evita situações que causariam desprazer, e, em vez delas, participa de situações mais prazerosas. Em termos Freudianos, esses procrastinadores se recusam a renunciar ao princípio do prazer, em vez de sacrificarem-se no princípio da realidade. Eles podem aparentar não estar preocupados com o trabalho e com prazos, mas isso é simplesmente uma forma de evasão."

In: blá blá Wikipedia


Tendo consciência disso com alguns arrependimentos á mistura não penso (querer) mudar.
Acho que tem a ver com priorizar aquilo que acho mais importante e também não ser ao mesmo tempo muito impulsivo nos atos e nas atitudes que tomo.
Mas como a ideia não é justificar-me gosto quando a ciência me dá uma mãozinha para "suportar" as minhas teorias.
Segundo um estudo publicado nas revistas de Psicologia e efetuado pela Universidade do Colorado, que li na revista exame e cito "A maioria das pessoas tende a deixar para amanhã o que pode ser feito hoje. Este estudo concluiu que a procrastinação está no gene humano. Ser impulsivo tinha uma vantagem evolutiva porque pode ter ajudado os antepassados com a sobrevivência quotidiana. Eles ​​procuravam recompensas imediatas quando o dia seguinte era incerto.
No mundo moderno, as pessoas têm muitas metas de longo prazo que exigem preparação e ponderação.
Baseado nos comportamentos parecidos entre os gêmeos, os pesquisadores concluíram que a procrastinação é, de fato, um fator genético, assim como a impulsividade.
Além disso, parece haver uma sobreposição genética entre procrastinação e impulsividade, ou seja, não há influências genéticas exclusivas para um ou outro traço sozinho. Isso sugere, portanto, que a procrastinação é um subproduto da evolução da impulsividade."

Não falarem na preguiça já foi um milagre.
Vai-se desculpando a coisa com a genética e siga a marinha.
No fundo somos todos uns doentes.
Pegando no aviso amarelo lá de cima, que roubei a outro blogue que sigo, com o devido agradecimento : ), podíamos criar um partido ou uma seita para tomar conta do mundo que tal?
Provavelmente não iriamos muito longe mas militantes não me parece que fossem faltar.

12 Comentários:

Imprópriaparaconsumo disse...

Já sei qual é a placa que vou mandar fazer para por na porta do quarto do meu filho... :)

Nikita disse...

Já dizia o Pessoa...
"ai que prazer, não cumprir um dever".

Ou pelo menos, não cumpri-lo já!

;)

Shiver disse...

Mais um militante viva ;P

Shiver disse...

Nikita,se o Pessoa disse está dito ;)

(Ela) disse...

Até para procrastinar é preciso arte, não ser apanhado é um dos "quês"! :P

Beijo d'(Ela)

Shiver disse...

Faz lembrar o Catch me if you can :)

Beijo Ela.

Baby Suicida disse...

Acuso igualmente uma doente, mas a patologia será diferente e o receituário também.

Apertos com chocolate (sem amêndoas, que não aprecio)

Shiver disse...

já somos 2,tb nao gosto de amendoas :)

Boa pascoa***

Marta disse...

Quando comecei a ler pensei...hum...bate certo, mas depois vi a parte da culpa e da vergonha, ainda pensei - tu queres ver que eu andava enganada? - mas depois li o resto e percebi que afinal, eu já te conheço bem. É isso tudo, mas sem a estes dois pesos :)

Shiver disse...

Já sabes do que a casa gasta :D

Dora disse...

Estive mais de uma semana a fazê-lo!

Shiver disse...

Dora o partido está a crescer :)

Com tecnologia do Blogger.